terça-feira, 10 de abril de 2012

Feliz Aniversário... onde quer que vc esteja...

Meninas, posso usar os olhinhos/ouvidinhos de você para um desabafo???
 Bom acho que sim né?
Então hoje é aniversário de uma pessoa muitooooo especial na minha vida, MEU PAI mas o problema é que desde que ele e minha mãe se separaram, ficamos cada vez mais distante.
Tá vocês podem dizer, mas isso é motivo? Quem se separou foram seus pais e não vc e ele. Pois é, eu penso assim, mas parece que ele não.
Vou resumir um pouco a história para vc´s compreenderem, meu pai sempre foi meu tudo (nunca foi tão carinhoso, nunca me deu presentes, acho que roupa para mim ele comprou duas vezes, mas sabe quando a gente acha que aquela pessoa é o nosso herói? Então, como eu e minha mãe sempre tivemos atritos me liguei muito no meu pai), então que tinhamos uma relação mais de amigos do que pai e filha, eu falava o que queria e como queria para ele (nossa como eu abusava), daí que desde quando me conheço por gente sempre escutei brigas dele com a minha mãe, pois ele vivia arrumando mulher fora... eu sempre acreditava nele que negava tudo. Até que um dia ele arrumou uma e foi embora, ela era dois anos mais velha do que eu. Nesta época ele vinha me ver, foi ai que começou meu inferno astral com a minha mãe, pois ele vinha me ver, um dia no meu niver acho que de 24 anos, ele veio almoçar comigo (já disse que não sou muito amiga da cozinha) mas neste dia eu preparei um belo de um almoço, ele chegou do serviço e foi dormir, e eu toda contente, ai quando o almoço estava pronto, era umas 11h30 a "amante" (a nova mulher dele) ligou e falou para ele ir embora... e ele foi... é no meu aniversário, eu com almoço pronto para almoçar com ele, e ele foi embora... aquele foi um dos piores dias da minha vida, eu fiquei sozinha chorando como uma desesperada, meu pai, meu herói, meu tudo, me deixou por outra mulher... liguei para o Ronny e chorei como desesperada (até hj o Ronny não perdoa meu pai por isso), depois meus pais voltaram e depois de um tempo se separaram, em uma época em que minha mãe estava de licença na caixa, eu tinha acabado de descobrir que tinha Pressão alta, estava trabalho de temporária em uma empresa, e as poucas ligações que meu pai me fez era para pedir algo (documentos, ou para fazer minha mãe para de enchê-lo, em nenhuma dessas ligações ouve um Oi filha como vc está. Sempre era Suzana... - quando alguém da minha família me chama de Suzana é porque estão com raiva de mim-) e depois disso passamos mais de ano sem se falar, depois ele voltou a me ligar, eu ligava, nos encontramos mais 2x e ai nos afastamos novamente, eu não ligo confesso, dói sabe, dói muito a saudade, na hora que ele me liga eu fico com raiva de tudo, da saudade que ele deixou, da falta que ele me faz, às vezes me pergunto se ele vai entrar na igreja comigo... e hoje é aniversário dele, queria vê-lo, abraçá-lo, beijá-lo, dizer "Eu te amo muito", mas não consigo, até vou tentar ligar no número que tenho, que não sei mais se é o mesmo. Mas sei que não será a mesma coisa...

o meu scaner resolveu parar de funcionar, ainda bem que tinha
esta fotinha do casamento da minha tia... nossa faz tempo...

A pior coisa do mundo para mim é ter meu pai vivo, e parecer que ele morreu... queria ter coragem de dizer que sinto falta, ligar sempre, mas não consigo romper esta barreira.

Ai meninas mil perdões, por esse imenso desabafo, mas parece que ninguém é capaz de entender que eu sinto falta de alguém que me machucou muitooo, que de me fez chorar demais, que me magoou, que me esqueceu, que nunca fui tudo o que eu sonhei... quando falo do meu pai para alguém tenho sempre que demonstrar que ele não me faz falta, para não me criticarem, é fácil olhar para mim e dizer quem perdeu foi ele, foi mesmo, mas e a minha dor... isso nunca ninguém me perguntou... e a falta que sinto? Como será no meu casamento??? isso todo mundo acha que tiro de letra, se ele não ir, eu entro com o meu irmão... eu penso diferente, se meu pai não for... eu entro sozinha.

Beijos e mais uma vez obrigada por escutar/ler este meu desabafo

6 comentários:

  1. Meu anjo, o que importa é que vc tem bons sentimentos por ele, e fique calma, todos estamos em uma escala de evolução diferente, teu pai pode não saber demonstrar mas tambem te ama, afinal ele te deu a vida.

    Quanto ao seu casamento, a escolha é sua!

    tome minha vida como exemplo, meu pai é vivo, porem eu não tenho sentimentos por ele como vc tem pelo seu, e eu vou entrar na igreja com o meu irmão caçula, ele estará lá, porem não vejo ele como a figura de um pai...
    Se vc tem essa figura em seu coração, então não deixe nada nem ninguem atrapalha-la

    E fique com o coração sereno. Ore, peça para Deus ilumina-lo, não guarde magoas e sentimentos ruins, não é facil, mas será o melhor para vc, acredite!

    Ps: vi que vc é da zona sul de sp, eu tbm sou... vc é de onde?

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Suh.. Parece até que estamos combinando.. Mas não é. É coincidência mesmo.
    Chorei horrores agora lendo teu desabafo.
    Porque me identifiquei muito.. Eu também estou passando por esse momento. Meus pais se separaram há uns 2 anos e 11 meses e eu ainda sofro um bocado com isso. Ainda não caiu minha ficha.
    Minha irmã bate muito de frente com meu pai pelo fato dela não aceitar o que meu pai fez com a minha mãe.. [TRAÍ-LA].
    Claro que eu também fui super contra a decisão dele.. Mas, não consigo de jeito nenhum ter "raiva" dele. E olhe que ele já fez pior comigo..
    Usou meu nome e sujou.. E esta bola de neve está rolando até hoje.. Mesmo assim o AMO.. E ao contrário do seu pai, sempre tenho contato com ele graças à Deus..
    Vou parando por aqui.. Não estou conseguindo controlar meu choro!!

    #Estamos no mesmo barco minha amiga!!

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  3. Desculpe pelo desabafo.
    Mais vc teve a presença do seu pai uma boa parte da sua vida vc cresceu tendo um pai.
    O meu filho nunca teve um pai nem sabe o q isso quer dizer pois ele desde quando estava na minha barriga ele foi rejeitado pelo pai vc não seu pai se afastou de vc por não ter cabeça em separar as coisas pois penso q vc deveria ligar para ele e falar o quanto vc o ama e sente a falta dos tempos q foram felizes aproveita q vc tem esta oportunidade.
    Coisa q meu filho nunca teve e nem vai ter com o pai dele.
    Desculpa pelo desabafo só quero mostrar para vc q existe gente em situação pior q a sua.....

    ResponderExcluir
  4. Poxa entendo você, tive meu pai morando com outra mulher 3 anos e nesse tempo também fiquei muito distante dele, hoje graças a Deus ele está do meu lado, mas fique calma e faça sua parte !!!
    bjus

    ResponderExcluir
  5. Olá querida... eu realmente não sei o que realmente vc passa... meus pais se dão super bem.. e eu me relaciono muito bem com ele.... Mas acredito se vc tem a oportunidade de falar com ele, aproveite e converse com ele... não deixe que se afaste... e se ele te magoou muito...esqueça... são mágoas do passado...perdoa ele...e se dói cada vez q se falam e se afastam... é sinal q vc realmente o ama e é capaz de perdoá-lo... qto o dia do casamento... se ele não estiver no dia... e vc realmente tem respeito pelo q ele é... entre sozinha...mostre a todos que vc o ama e que ninguem o substitui..nem seu irmão... pessoas erram ... e muito...mas elas são humanos..e merecem o perdão..

    Qto a sua pergunta no meu blog... estou de licença prêmio... sou funcionaria pública e a cada 5 anos...tenho direito a uma licença de 3 meses com remuneração... mais 30 dias de férias...
    Tenho 6 anos já...deixei pra tirar a licença agora por causa do casamento...

    Bjus...
    Confie no Senhor... e ligue pro seu pai...
    Estarei orando por vcs..

    ResponderExcluir
  6. Suzana minha querida vem cá...
    (Laine pegando no colinho...rsrs)
    Você é linda de sentimentos, tem um coração grandioso e tenho certeza que seu pai também é como você! Mas os homens, principalmente os antigos, teve uma cultura, uma educação diferenciada dos dias de hoje (ainda hoje são criados para serem durãos). Antigamente, os meninos eram criados para serem durãos, fortes práticos e muitas vezes não demonstrar os seus sentimentos. E têm uma dificuldade imensa em abraçar, beijar, dizer te amo aos filhos. Vejo pelo meu pai, meu sogro, também são assim. Quando meu pai também se separou da minha mãe, foi um baque p/ mim. Ocorreram muitas brigas, desgastantes na minha família! Foi um momento horrível. Não esperava aquilo. Mas um dia...no dia dos pais especificamente, eu abracei meu pai e soltei não sei como um "te amo" e vi lágrimas nos olhos, do meu pai. Poucas vezes, vi meu pai emocionado. e ele não precisou me dizer nada, pois percebi, nos olhos dele, que me queria dizer o mesmo. Mas a dificuldade não permitiu!! Então, amiga, faça o que você sentir no seu coração. Se você sentir vontade de abraçá-lo, não hesite. Abrace, beije! Não deixe as oportunidades passarem. Pois elas são ímpares em nossas vidas!!! Parabéns ao seu pai e pode desabafar quando quiser! Estarei sempre aqui, com meu ombrinho amigo!! Bjs, Laine.

    ResponderExcluir

Deixem o seu comentário, vou adorar ler o que tem para me dizer... Ah e volte sempre!!! A sua visita me deixa muito feliz