terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Uma perda que nem o tempo poderá apagar...

Oi meninas,
Hoje vim contar pq dei um tempo nas postagens do casamento, prometo que logo volto com força total, mas preciso e precisei deste tempinho para mim.
Estão preparadas para um desabafo? Acho que será grande, pq preciso muito colocar o que eu estou sentindo para fora... 

Lembram que eu sempre falei o quanto quero um filho logo? O quanto eu queria casar grávida e dizer para o meu marido que ele seria pai lá no altar?
Então, mesmo com o meu atraso no dia do meu casamento, eu tentei fazer um teste, mas o resultado deu tão estranho que não soubemos o que significava, é ele não deu um traço de negativo, ele deu um traço fino na vertical.

Fomos para a lua de mel, e os enjoos que eu estava sentindo quando entrei no carro só aumentaram, Caldas Novas foi um paraíso (depois conto sobre a lua de mel), mas os enjoos não deixaram eu comer muito não...rsss, principalmente pela manhã. Depois vieram algumas tonturas... meu marido lembrou que fazia 2 meses que a "monstra" não dava sinal. Então no dia que voltei para casa, pedi para minha mãe comprar um teste na farmácia para mim, pois queria fazer surpresa para o meu marido, chegamos em casa no domingo a noite e na segunda eu fui logo fazer o exame e olha a imagem mais linda que eu podia ter visto após o meu casamento.
Senti como se o meu bebê falasse, "mamãe eu estava aqui o tempo todo, mas não consegui te dizer..." 
Quem já esteve grávida pode dizer o quanto é maravilhoso estar grávida, meninas é algo mágico, antes eu não acreditava que existia mesmo ligação da mãe com o bebê, ah para, o bebê é tão pequeno e vc já o sente dentro de vc, para como assim vc consegue perceber que tem um ser dentro de vc, mas é tudo verdade, a sensação de estar grávida é algo mágico, é lindo, é maravilhoso, é simplesmente um sentimento lindo, e se é coisa da minha cabeça ou não e daí, mas um dia minha cunhada me perguntou o que era, e me disse a mãe sente o que é, e eu disse acho que é menina, mas eu não achava não, eu dentro de mim tinha certeza, minha mãe e minha sogra, mesmo sem saber que eu tbm achava isto, já falaram que era menina, é vocês devem estar se perguntando, peraí, mas vc acabou de casar, quando foi isto? Fiz o meu teste no dia 21/01/2013. Há exatamente 3 semanas, um sonho lindo se iniciou. 

Tentemos fazer logo um ultra para saber quanto tempo estávamos, é meu marido tbm curtiu muito a ideia, e me acompanhou em todas as consultas, me acompanhou nas tentativas de fazer o ultra, no primeiro dia, demoraram para atender e como ele tinha um compromisso, acabamos indo embora, depois fomos viajar para visitar meu sogro, na volta tentamos fazer o exame e por causa de 5 minutos não conseguimos, eu ainda sentia o meu bebê, na sexta dia 25 eu senti uma fisgada bem forte, mas só, depois senti algumas pontadas, li sobre o que poderia ser, já que não houve sangramento, e vi que podia ser o bebê "colocando" no útero, mas no sábado eu já não me sentia mais grávida, é estranho dizer, mas algo não estava normal, os sintomas haviam desaparecido, nada de enjoo, nada de tonturas, nada de sono... mas sim muita vontade de urinar, e eu sentia minha barriga com uma bolinha, o povo começou a me dar os parabéns, pois eu e meu marido resolvemos não contar para ninguém, mas nossos irmãos se encarregaram de contar para todo mundo...rsss, primeiro sobrinho de verdade dos dois.

Conseguimos fazer a primeira ultra no dia 28 (niver da minha sogra), vou tentar dizer como foi tudo, entramos na sala, o "médico" logo disse olha o saco gestacional aqui, ai eu toda feliz perguntei: "Ah então tem neném?" E ele: "Tem, olha ele aqui, aqui tá a cabecinha, aqui o corpinho"  E passou a fazer as medições, ai eu perguntei: "Ele não se mexe?" ai ele me respondeu: "é ele tinha que se mexer" Ai eu falei: "é preocupante então" e logo perguntei: "E não dá para escutar o coração" e ele  "é nesta idade já devia dar para escutar" ai eu novamente, sem me dar conta do que estava realmente acontecendo: "Então é mais preocupante ainda" Ai ele me disse: "Oh é muito difícil este exame dar errado, existe 1% de chance de dar errado, mas se eu fosse você ia fazer outro exame em outra clínica, com outro aparelho", Saímos da clínica, com o ultra escrito "Imagem compatível com óbito embrionário"

Meu chão sumiu, eu tinha um bebê, mas ele podia não estar vivo, chorei muito, mas quando chegamos em casa logo passou, pois todo mundo começou a falar que o exame estava errado, minha cunhada que é enfermeira, conversou com um médico e ele falou que se eu tivesse tido um aborto teria tido sangramento, dor, febre, e que era comum até a 10 semana não escutar o coração, era raro, mas podia acontecer. Fui em um hospital, o médico só fez o exame de toque e disse que estava tudo bem (eu com medo dele inventar de fazer a curetagem, não falei deste exame, apenas que estava com dor e tinha tido sangramento "pura mentira")

Fomos em um posto e a médica viu o ultra e como eu não tinha tido sangramento, pediu que eu fizesse um BETA HCG e garantiu para o meu marido que se o resultado desse positivo o bebê estava bem... saímos do posto e fomos o mais rápido possível fazer o exame, e o resultado para ser positivo tinha que ser maior que 25, o meu deu 42259 (coisa assim), nossa eu e meu marido vibramos, nosso bebê continuava crescendo, continuava vivo, mas logo falei com a minha cunhada e lá vieram novamente as dúvidas, ela disse que com certeza o resultado daria positivo uma vez que eu não perdi o bebê e continuava grávida, então os hormônios continuavam altos.

Meu marido comentou no hospital sobre o meu caso, e logo o chefe dele deu um jeito de passarmos lá, no primeiro dia que fomos, foi horrível, passei com um médico que não era humano, ele pegou o ultra  e me disse, oh vc abortou mesmo, é só esperar o organismo expulsá-lo, eu não vou te internar agora para fazer a curetagem, porque isto pode prejudicar o seu útero, e você passar a ter dificuldade para segurar outras gravidezes, mas vida normal, não se preocupa, não fica imaginando que vc perdeu um filho pq ele não passa de uma bolinha de carne, sem formato de nada, não pode ser chamado de filho.

Alguém conseguiu imaginar como me senti?

Depois voltamos lá, e passei em uma médica maravilhosa, ela foi super atenciosa, falou que o exame estava errado, que o tamanho do bebê não era compatível com 8 semanas que quando eu fiz o ultra devia estar com 6 ou 7 semanas, que o ultrassom tinha que ser o transvaginal pq do contrário não ia dar para escutar o coração e que eu precisava fazer o exame o mais rápido possível, pq eu podia ter perdido o bebê, mas só porque ele nao achou sinais de vida e não pelas fotos, mas que não daria para fazer o exame lá, ai o chefe do meu marido, conseguiu falar com o diretor do centro obstétrico, e mais uma vez encontrei uma pessoa humana, ele nos explicou, que podia sim ter acontecido alguma coisa, mas que não era culpa minha ou do meu esposo, mas sim que o organismo era sábio, que tinha percebido uma má formação e por isto parou de se desenvolver, falou que não temos problemas para engravidar pq o primeiro passo já demos, já estamos GRÁVIDOS isto mesmo o médico falou deste jeito, estamos grávidos, falou que se o resultado do exame fosse mesmo que o bebê não se desenvolveu, que podíamos chorar sim, pois o luto faz parte, que é o nosso primeiro filho, mas que poderemos sim ter outros e não era para procurar motivos ou culpados. Saí desta conversa mais leve, e preparada para o exame, no outro dia, (09/02), repetimos o exame, agora o transvaginal e infelizmente depois de todas as esperanças, e dúvidas que surgiram nos 10 dias pois primeira ultra, acabaram de vez nossa esperança, meu bebê realmente não se desenvolveu, mas continua dentro de mim, a casinha dele está menor, mas ele ainda está dentro de mim, não consegue mais conversar comigo, não consegue me deixar mole de enjoo, não consegue me deixar tonta, não me deixa com vontade de comer Twix, mas tbm não consegue me abandonar, não consegue levar o seu corpinho embora, não conseguimos nos separar. E esta agonia de não saber o que as próximas duas semanas me reserva é horrível, não sei se sentirei muita dor física, só sei que ele quando conseguir sair, sairá em forma de menstruação, ou de cirurgia.

Estes 10 dias de esperanças e agonias, foram dias intermináveis para nós, nunca rezei tanto, nunca pedi tanto alguma coisa para Deus, mas não foi possível, e eu não posso dizer hj que aceitei, que estou bem, que não choro quando estou sozinha ou sem nada para fazer, não posso dizer que entendi que Deus é justo, pq o que mais vejo são pessoas engravidando sem querer, crianças sofrendo, mães jogando filhos fora e nós queríamos tanto o nosso bebê e Deus achou que não era o momento... Não meninas, não me recuperei do baque... não sei quando irei me recuperar e se um dia irei aceitar...

"Desculpem o mega desabafo, nem sei se conseguiram chegar até o final, mas eu precisava colocar para fora tudo o que estou sentindo"

 "Bebê, foram apenas alguns dias, mas tenho que te agradecer por todos os momentos maravilhosos que você me proporcionou, os enjoos, as tonturas, as nossas conversas, o sentimento lindo que brotou dentro de nós, nunca vou entender porque você teve que partir, espero que não tenha sido algo que a mamãe fez, te juro filho que tudo o que eu mais queria era estar agora te sentindo, me perdoa se fiz algo que atrapalhou o teu desenvolvimento, se você tão frágil não foi protegido por mim, um dia irei te encontrar, e poderei te pegar no colo, e te dizer Muito Obrigada, por ter me feito tão feliz... para sempre eu vou te amar meu filho, ou filha como a mamãe tinha sentido né?"


23 comentários:

  1. Menina, que triste!!!
    Mas Deus sabe o que faz, com certeza em breve te abençoará novamente.
    To aqui torcendo pra que fique tudo bem e que volte logo com boas notícias.
    Força e fé em Deus.
    beijão

    ResponderExcluir
  2. Su,qualquer palavra que disser será meio inútil no momento,só quero te dizer:Força amiga!E que Deus,em sua imensa sabedoria e amor lhe traga o conforto!
    Fica bem...fica com Deus!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  3. Nossa minha linda, que luta foi essa !!
    Mas você tem que relaxar agora e ver que realmente não era a hora.
    Se apega com Deus, reze muito, peça muita calma e sabedoria para conseguir aceitar tudo isso e tenha muita força, que quando for a hora certa, você estará trocando figurinhas sobre fralda, papinhas e mamadeiras ... o luto faz parte e é totalmente compreensivo. Chore o quanto tiver que chorar, coloque tudo para fora, vc irá se sentir mais leve e mais preparada para cuidar de seu casamento, de você e saberá o momento certo de ter um filho nos seus braços, é só ter muita paciência.
    Muita Força e qualquer coisa estou aqui viu !!
    Bjinhus e fique sempre com Deus !!
    Se cuida !!

    ResponderExcluir
  4. OOO minha flor, estou triste por você e o baby, mas não fica assim não, pensa pelo lado positivo, talvez não era pra ser, talvez fosse acontecer algo pior mais tarde e Deus não quis te dar uma dor maior.
    Você é jovem, vcs são saudáveis, vão poder ter mais filhos, vão poder tentar muitas vezes.
    Tenho uma amiga que perdeu o filho com 8 meses de gestação. Imagina a dor, sei que falar isso pode não melhorar seu sentimento, mas pra você ter uma ideia de quando é pra ser vai ser, e quando não é, não vai.
    Mas no final tudo vai dar certo e logo logo vc vai estar ai, linda e com um barrigão enorme, e logo com o baby no colo dando-lhe de mamar.
    Fica bem.

    bjks


    http://raquelbazi.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Su chorei com seu post, pq estou louca pelo meu bebê e ainda não consegui e ver uma mãe que quer tanto perder um filho me faz imaginar o tamanho da dor!

    Mas força e fé !!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Suzana,
    Tudo bem?
    Passei por aqui para conhecer o seu cantinho e agradecer sua visita no Blog da Loja dos Noivos e me deparei com esse desabafo. As coisas não acontecem por acaso, pois passei pela mesma situação. Já temos uma filhota e teríamos nosso segundo, mas Deus é sábio e a natureza também e não aconteceu. É um momento muito difícil, né?! Peço que seja forte e encontre conforto nas pessoas que ama e gostam de você. Peço, também, que não prolongue seu sofrimento que não se castigue. Dê o tempo que precisa e tente novamente, tá?! A próxima vez que vier te visitar quero novidades!!!
    beijos
    Bia Malfatti

    ResponderExcluir
  7. Sinto muito Suzana!!!sei o quanto vc queria esse bebê!!realmente não deve ser fácil,mais olha,Não desanime e não deixe de confiar em Deus,ele realmente sabe a hora certa para que tudo aconteça!!!!Não sei se vai te ajudar mais aconteceu um caso parecido em minha família,minha prima engravidou 2 semanas após o casamento e infelizmente teve um aborto espontâneo eu acompanhei todo o sofrimento dela e depois de 6 meses ela engravidou de novo e de gêmios que nasceram super saudáveis.Repito Deus sabe o que faz!!!força pra vc e seu marido!!!!

    ResponderExcluir
  8. Querida, não faço ideia da sua dor, mas sei que Deus é um pai zeloso e cuidador e que certamente tem lindos planos para sua vida, embora não entendamos os seus planos por vezes, sei que Ele se alegra em atender os desejos do teu coração; nesse momento só Deus para confortar e consolar teu coração. Para todas as coisa há um tempo e no tempo de Deus o seu bebê irá chegar e te fazer a mãe mais feliz e boba do mundo. Fica em paz e que o senhor Jesus te guarde e a teu marido. Te amo em Cristo Jesus e torço pela sua felicidade.
    bjus Aninha www.amarmefazfeliz.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Su, sei que qualquer coisa que eu escrever aqui não vai tirar sua dor ou amenizá-la. Sei que a dor é forte, muito forte, mas não sei o tamanho dessa força. Deus sabe o que faz e seu filho agora é um estrelinha que brilha na imensidão desse céu azul.
    Não se sinta culpada, daqui a pouco chegará outro bebê lindo e com desenvolvimento perfeito para alegrar sua vida e de seu marido, para aí sim vocês dizerem que são uma família.
    Que Deus conforte o seu coração, se precisar falar ou chorar, pode contar comigo!
    Beijos..

    ResponderExcluir
  10. Oi Suzana, seu post me deixou triste,quero muito ser mae, depois do casamneto sera o proximo passo. Na realidade, tudo o que acontece conosco, Deus permite. Deus te abencoe e coragem , Deus eh contigo

    =D

    ResponderExcluir
  11. Suzy é um momento de luto, embora ele ou ela, fosse ainda um embrião, mas assim mesmo, sem formas definidas ainda, já era um anjinho, um presentinho que foi lhe enviado, mas ainda não era a hora certa, a gente desconhece os planos de Deus, mas pode ter certeza que ele sabe o que faz.
    Aqui estamos de luto tbm, um amigo nosso, uma pessoa divertida e carinhosa se foi ontem a noite, muito jovem morreu inesperadamente de enfarto, estamos tristes, meio sem entender...além de que dia 23/12/12 meu avô querido partiu dessa vida.
    Compartilho com vc a sua tristeza e vou orar para que vc consiga se recuperar sem maiores danos.

    Bjs e fica com Deus, tente ficar em paz, dá um abraço no maridão, os homens não aguentam tanto sofrimento como nós mulheres.

    ResponderExcluir
  12. Su, não tenho como imaginar sua dor, e não sei se vou encontrar palavras para poder te confortar, mas minha linda, não fique assim, Deus faz tudo no seu tempo, e tenho certeza que mais dia menos dias Ele te dará um(a) filho(a) que te fará muito feliz. Torço por vocês tá...

    Beijos
    Alane Araújo

    ResponderExcluir
  13. Oi Su...eu entendo sua dor...sei como vc se sente...a minha dor ja esta aliviando...ja esta ficando somente a saudade.
    Sei como é horrivel ouvir de um medico desumano que seu bebe nao esta bem...sao coisas dificeis de esquecer mesmo.

    Mas se Deus quiser em breve teremos a oportunidade ser mae novamente...claro que sei que vc queria este bebezinho,assim como eu tbm queria o meu...mas que Deus nos abençoe e em breve realize nossos sonhos
    bjo

    ResponderExcluir
  14. Su, chorei mto aqui com seu post.
    Imagina o tamanho da sua tristeza, mas que Deus dê mta força pra vc e seu marido e que logo mande o sonho tão esperado de vcs...
    Depois me manda um email, quero falar uma coisa com vc sobre esse assunto tá?
    larissa_melo_contato@yahoo.com.br

    Bjos e fica bem!

    ResponderExcluir
  15. Poxa... mas era pra ser assim... sabe, antes de ter a mim minha mãe passou por essa situação... ela disse que foi bem ruim, principalmente porque o médico não dizia exatamente o que tinha acontecido, tratou ela super mal... mas ela superou e teve a mim e a meu irmão, então logo logo vc vai ter seu filhinho tb :)
    Beijnhos...

    ResponderExcluir
  16. Su, que luta foi essa, nem consigo imaginar sua agonia nesses 10 dias. Que bom que conseguiu desabafar com a gente. Por mais que digam que é muito comum o aborto espontâneo na primeira gravidez, ngm além de quem passa por essa situação, sabe como é.
    Espero que vc fique bem para logo poder tentar novamente!
    Bjs =^.^=

    ResponderExcluir
  17. Amiga! Vim aqui no blog depois de semanas e me deparei com esse seu post que confesso,me deixou SURPRESA!
    Lendo as primeiras palavras fiquei tão mas tão feliz pela gravidez! Pois nas nossas conversas quilométricas você sempre me dizia que seu sonho era ser mãe,e LOGO!
    Agora que li que infelizmente seu anjinho veio e já se foi,nem sei ao certo oque dizer.
    Só você sabe a dor de perder,por mais que ele ainda seja tão pequenininho,ele ja era amado por vocês!!
    Fé menina,aposto que Deus vai te dar outro presente daqui a pouco tempo!!!
    Não a vitória sem provas!!
    Te amoooo ☻

    ResponderExcluir
  18. Poxa, Su, que pena... Mas olha, não fica triste não, tenho duas amigas que passaram por isso e foi doloroso, claro, mas depois elas voltaram a engravidar e hoje a Miriam e o João tão aí, lindões!! Vai dar tudo certo, você vai ver!
    Bjs e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  19. Suzana, que chato... que Deus possa confortar seu coração e que tudo se resolva da melhor maneira pra vcs.... =/

    Meus sentimentos!

    bjs

    fernandamouta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Su, só posso te desejar força, muita força!

    ResponderExcluir
  21. Su, tenha muita força!! Na hora certa vai acontecer =)
    PS: Fiquei morrendo de raiva daquele médico sem coração. Um absurdo o que ele te falou!

    ResponderExcluir
  22. Nossa Su.... forças queridas...
    Mas que seja a vontade de Deus, neh...
    Mas vou te contar uma história...
    A minha mãe passou pelo mesmo... igualzinho a vc, não teve sangramento, e ela nem teve nenhuma dor.
    Estávamos todos empolgados com o novo baby.... imagine o filho mais novo dela dia 14 anos e eu 17 anos. Fomos todos juntos fazer a ultrassom, com a fita pra gravar o baby... começamos com o ultrassom, e eu mega animada pra ver meu maninho no ultrassom e aí vem a noticia. A assistente faz uma cara e vai chamar o médico. Ai jah percebemos que não era boa notícia. O médico falou que o bebe não estava mais vivo, e que a minha mãe teria que tirar. Ficamos todos muito triste, a minha mãe chorou por noites, e o que mais doía pra minha mãe é que ela não sentiu nada... queria ter sentido alguma dor, sangramento... que desse sinal que o baby estava morrendo... E ela como vc, sentia que seria um menino, o qual chamamos de Jean Felipe... Sempre estamos lembrando dele, o nosso maninho que Deus não permitiu que nascesse... Mas hj sabemos o pq... pq se o Jean nascesse, hj não teriamos a minha maninha Jennifer... a nossa alegria... Um ano depois minha mãe engravida novamente e ai nasce a Jennifer.... Quem sabe Deus quer o mesmo pra vc... Hj sua filhinha não nasceu pra que a outra criança possa nascer.... Então faça como a gente, deh um nome pra ela, pois ela sempre será sua primeira filha, e sempre será lembrada... Hj já fazem 10 anos que o Jean se foi.... e eu aindo choro por ele (como agora ao escrever este post) e sempre lembramos dele.
    Forças querida...
    Bjks...

    ResponderExcluir
  23. Su. vc foi um ponto de equilibrio qndo perdi meu bb.. e nao há muito o que falar. a gente contesta o mundo mesmo...

    mas acredite em mim: isso tudo vai passar, esquecer, jamais, mas a dor diminui.
    :(

    ResponderExcluir

Deixem o seu comentário, vou adorar ler o que tem para me dizer... Ah e volte sempre!!! A sua visita me deixa muito feliz