sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

BC: "A escolha dos padrinhos de batismo, ter ou não ter? E o que esperamos deles?"

Olá minhas lindas como passaram o natal?
Aqui foi bem tranquilo, ficamos apenas eu, maridão, Cacáh e minha mãe. Iríamos para a casa de uma tia, mas meu marido ia sair para trabalhar bem cedo, ai decidimos não sair de casa.
papai babão

Bom eu juro que estou tentando colocar os comentários em dia... mas vc´s escrevem demais...rsss, mas juro que continuarei tentando, se estou devendo visita me cobra, pq antes eu conseguia marcar no micro quais eu já tinha visitado, agora faço mais isto do celular, então... já viram né?

Minha princesa ganhou muitas coisinhas, bem mais do que eu, e posso dizer que eu ameiiii, uma coisinha mais fofa que a outra. Depois faço um post só com os presentinhos.

Bom agora vamos ao tema da Blogagem Coletiva que esta semana e a próxima será na sexta, o tema desta semana foi escolhido pela lindona da Rafaella mamãe do Arthur do blog Rafaella na Maternidade e o tema escolhido foi: "A escolha dos padrinhos de batismo, ter ou não ter? E o que esperamos deles?"

Papais babões
(gente estas fotos ficaram horríveis,
porque simplesmente faltou força aqui)
Bom este é um assunto que aqui não está 100% batido o martelo, primeiro pq a família da meu marido é muito tradicional, então eles acreditam que os padrinhos tem que ser alguém da família, amigo pode se perder com o tempo, mas família não. 
Eu já penso diferente, pq meus padrinhos são meus tios, e mal tive contato com eles quando era criança, hoje em dia não, mas antes eu sentia muita falta disto, hoje nos vemos com mais frequência, e sei que são meus padrinhos, mas são meus tios tbm...rsss. Percebo que o mesmo acontece com o meu marido, os padrinhos dele, são um tio e a avó por parte de pai, a avó já é falecida e com o tio eles não tem mais contato... então esta teoria vai por terra.

Porém eu e ele só temos um irmão, eu um menino e ele uma menina, pronto tá ai formado um casal de padrinhos, sem brigas já que não tem mais irmão para disputar, ai vem um porém... meu marido é meio chatinho, e ele acha que se a irmã dele deixa os filhos mais com a avó como é que ela poderá ser madrinha, e se responsabilizar pela nossa princesa na nossa falta, digo o mesmo do meu irmão que tem 3 filhos, e só convive com uma... Meu marido chegou a cogitar chamar o pai dele e a minha mãe, ou a sobrinha dele de 15 anos (que praticamente ele ajudou a criar, então ele tem como filha e ela é afilhada dele) com o meu irmão... bom nada definido, porém a minha cunhada tem se mostrado super empolgada com a minha gravidez, é a primeira sobrinha dela, está enchendo a Cacáh de presentes, pergunta como ela está, tem me convencido que será uma ótima madrinha, e como eu não pretendo partir logo nem muito menos ficar viúva, e como se isto acontecesse ainda temos nossos pais. 

Acho que os padrinhos da Catherine serão os tios, será uma honra para eles tbm já que dos dois lados ela será a primeira sobrinha (primeira mesmo não tem meninos não, será a primeira vez que serão chamados de tios)
nós 4. Papais e titios da Catherine

Bom acho que é isto... padrinhos da minha princesa "quase" definidos.

Beijos





10 comentários:

  1. Sabe... essa história de padrinhos é bem importante. Tenho uma amiga que não é religiosa então não batizou os filhos... mas eles têm padrinhos justamente para caso um dia venham a precisar (Deus queira que não). A decisão tem que ser tomada com bastante carinho mesmo...
    Beijinhos...

    ResponderExcluir
  2. Que legal Su!!!

    E é vdd este assunto é um pouco complicado.. no meu bastismo eu tive 2 casais de padrinhos kkkk, 1 casal eram tios meus e o outro eram meus vizinhos que consideram como pais.. mas aí eu mudei de reiligião e não ficou a mesma coisa depois :$ .. mas mesmo assim considero eles como meus padrinhos até hoje *-* rsrs

    Beijos mamãe linda!

    http://kauedavi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Vim conhecer seu blog e adorei... e padrinhos são essenciais, na minha opinião, quase os "segundos pais" ...
    Boa sorte na sua gestação, tudo de bom pra vocês, deve ser maravilhoso!!!
    Aguardo uma visitinha sua no meu cantinho..

    Beijinhos! ♥

    http://suellen-ll.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Suzana, eu serei madrinha pela primeira vez, e minha comadre tem uma filha que a madrinha é uma tia, e não está nem aí para menina, dessa vez me escolheu mesmo sendo amiga, para ser madrinha do Rafael, porque a Larissa gosta mais de mim do que da tia/madrinha que não é presente. Converse com seu marido e siga o coração de vocês !

    Beijos,

    Vivendo meu Sonho

    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  5. eu nem penso em ficar grávida tão cedo mais estou pensando em quem serão os padrinhos do futuro baby rsrsrsrs.Acho uma escolha bem especial afinal eles representaram os pais ne!!!

    ResponderExcluir
  6. Su acho uma ótima opção e tenho certeza que eles amarão o convite!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá visitando alguns blog sobre casamento encontrei o seu e adoreii...
    passa no meu e me favorita.. pra a gente ir trocando ideias hehehe
    ahh feliz 2014 pra vcs td de bom sempre...
    bjuss

    ResponderExcluir
  8. O meu Natal, passei em casa, com muita gripe nuss...
    é uma escolha difícil, mas com certeza será a melhor para a minha sobrinha rsrs
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Imagino que esta escolha nao deve ser facil mesmo.
    Na minha religiao nao se batizam os bebezinhos..entao nao terei que escolher os padrinhos,e se tivesse que escolher daria um trabalhao kkkkk tipo ...quase um ringue de luta pra escolher a madrinha kkkkkkkk
    bjo

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkk
    imagino como é, aqui em casa eu e meu marido temos uma versão definida de batizado, madrinha e padrinho tem que estar presente na educação cristã dos nossos filhos somos católicos roxos rsrsr e queremos ajuda dos padrinhos para isso incentivar na fé cristã seja qual for a religião, o que nos motiva na vida é a fé em Deus através dele conseguimos ir em frente e é isso que queremos passar para nosso filho e esperamos a ajuda dos padrinhos nesse quesito, hoje em dia o pessoal pensa que ser padrinho é só dá presentes, ou ajudar nas festas de aniversario e não é bem assim que pensamos padrinho tem que ser presente e estar presente nos momentos necessário A madrinha do Pedro vai ser uma amiga minha de infância somos amigas a mais de 17 anos e eu sou madrinha da filha dela, o Padrinho vai ser um amigo do meu marido que virou o amigão do casal Deus nos enviou ele de uma maneira maravilhosa e escolhemos ele para ser Padrinho, bom é isso quero batizar o Pedrinho logo que ele nascer com uns 3 meses de vida ansiosa para esse dia. beijos Princesas Su e Cacáh

    ResponderExcluir

Deixem o seu comentário, vou adorar ler o que tem para me dizer... Ah e volte sempre!!! A sua visita me deixa muito feliz