quarta-feira, 16 de abril de 2014

Síndrome de Hellp eu tive - Parte 1

Bom dia meninas, 
To sumidinha, mas to tentando fazer as devidas visitas, agora trabalho de manhã e a tarde, então meu tempo está mais do que corrido.

Como prometi, hoje vou começar a falar um pouco sobre a síndrome que eu tive, pois acho importante divulgar o pouco que sei sobre ela, assim se você conhece alguém que está passando por algo parecido, já servirá de um alerta, já que esta síndrome é pouco conhecida e muitos médicos nem desconfiam dela (como aconteceu comigo).

Bom a Síndrome de Hellp é uma complicação obstétrica rara, pouco conhecida e de difícil diagnóstico, que acontece durante a gravidez ou no pós parto, podendo causar a morte da mãe. (faço parte de um grupo no face, onde algumas mulheres relataram a síndrome pós parto, graças a Deus o bebê se salvou, mas a mãe teve sérias complicações)

Normalmente é uma complicação da pré-eclampsia, ou seja, da hipertensão gerada na gravidez, estima-se que 8% das mulheres que sofreram pré-eclampsia desenvolvam a síndrome (os médicos disseram que no meu caso, eu não tive pré-eclampsia e sim já a síndrome... porém eu discordo, acho que tive pré eclampsia, eclampsia e cheguei na síndrome, o que houve foi que minhas médicas não se atentaram ao que estava acontecendo comigo). 

Os sintomas iniciais podem ser confundidos com o quadro da pré-eclampsia, ou seja, aumento da pressão arterial e inchaço (eu tive os dois, minhas médicas pediram repouso e aumentaram a medicação e não pediram para me ver, em 15 dias eu engordei 5kg, mas via-se que era inchaço, porém como foi bem no calor de dezembro e início de janeiro. julgava-se ser normal). Quando o quadro se agrava, resulta em edema agudo nos pulmões, insuficiência renal, falência cardíaca, hemorragias e ruptura do fígado podendo levar a morte materna (no meu caso, eu estava com rins, pulmões e fígado parando)

Existem alguns sintomas que podem alertar para o que está acontecendo como: fadiga, mal estar generalizado, dor na parte superior direita do abdômen, náuseas, vômitos, dor de cabeça e retenção de líquidos acompanhada por ganho de peso, algumas mulheres também tem convulsões.  (como podem perceber, são sintomas típicos de uma gravidez normal, eu tive fadiga, dor na parte direita do abdomen - inclusive fiquei uma noite sem dormir com esta dor, que não me deixava respirar direito, já tinha conversado com a minha médica e ela disse que era porque a bebê estava crescendo, e os órgãos iam se adequando as mudanças -, e retenção de líquido, outras meninas que conheço não tiveram nada, e só descobriram quando fizeram o exame de sangue e viram a alteração ou perceberam espuma na urina o que indica retenção de proteína).

Bom meninas para o post não ficar muito grande vou dividir em duas partes...
No próximo conto sobre como é feito o diagnóstico, o tratamento, e a minha decisão, depois de conhecer um pouco mais sobre o que eu tive

Beijos

8 comentários:

  1. Seu post vai mesmo ajudar mta gente...nao conhecia esta sindrome...aguardo ansiosa pelo proximo post..
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Oiee sú
    super interessante
    você falar sobre isso
    porque com certeza
    muitas mamães nem sabem disso né
    e as vezes quem acompanha a gestação
    não passa essas informação
    bjãooo

    ResponderExcluir
  3. Olá Suzana!!!
    Lhe acompanho há algum tempinho já, sempre "anônima" e senti muito a sua perda. Gosto muito de ler o seu cantinho, tem muita informação boa. Já estou seguindo, viu?!
    Sempre tive vontade de ter um blog, agora estou aqui. Sinta-se convidada à dar uma olhadinha: http://aliemaycon.blogspot.com.br/

    Bjos, Aline.

    ResponderExcluir
  4. Nossa nem sabia que existia...
    Super perigoso einh... interessante post!
    Esperando o segundo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá minha amiga querida! Fico feliz que em meio a tudo q aconteceu vc se disponha a ajudar outras mulheres, de fato esta sindrome é bem dificil de ser diagnosticada apenas pelos sinais e sintomas já que se confunde com sinais e sintomas de uma gestação tipica.
    Aguardo o proximo post.
    Beijo
    Ana

    ResponderExcluir
  6. Su muito interessante o post, vai ajudar muitas mamãe. Eu mesma q já trabalhei em hospital nunca tinha ouvido falar.
    aguardando o próximo post.
    bjos

    ResponderExcluir
  7. Super interessante, nao sabia nada sobre isso!
    Beijo
    ;)
    www.umalindapromessa.com

    ResponderExcluir
  8. Su são todos sintomas de gravidez mesmo pq eu tive esse excesso de ganho de peso no final por retenção de líquido, fadiga, mas graças a Deus a pressão se manteve!
    Bem legal vc se dispor a falar disso aqui e ajudar!

    beijos

    ResponderExcluir

Deixem o seu comentário, vou adorar ler o que tem para me dizer... Ah e volte sempre!!! A sua visita me deixa muito feliz